O Rio Guadiana

Dicas de Viagem para a região do Rio Guadiana, a fronteira do Algarve com Espanha, entre Vila Real de Santo António e Alcoutim - paisagem, localidades, desporto e lazer e arredores

O rio Guadiana é um dos três maiores rios na Península Ibérica tendo a sua origem em Espanha e que flui para o Oceano Atlântico em Portugal. A área no curso inferior do rio, a fronteira do Algarve com Espanha, é ainda quase desconhecida como destino de férias. Só recentemente foram construídos vários excelentes resorts de golfe em ambas as margens do Guadiana, oferecendo as condições ideais para agradáveis férias de golfe durante a Primavera e o Outono. A ondulante paisagem pacífica a oeste do rio entre Castro Marim e Alcoutim é também convidativa para extensas caminhadas não perturbadas.


Paisagem

Rio Guadiana

O Rio Guadiana é o rio mais a sul dos três grandes rios que nascem na Espanha e desaguam em Portugal (os outros são o rio Tejo e o rio Douro). O Guadiana tem origem na província espanhola da Ciudad Real na comunidade autónoma de Castela-Mancha e desagua no Golfo de Cádis entre Vila Real de Santo António e Ayamonte, tendo um curso total de 742km.

No Império Romano, o rio foi chamado Anas. Os árabes, mais tarde aqui residentes, falaram de Uádi Ana (a palavra árabe Uádi significa 'rio').

O sapal de Castro Marim no estuário do Guadiana é um refúgio para muitas espécies de aves. Um trilho didático atravessa esta reserva natural, em que funcionam salinas e se extrai a Flor de Sal. A Casa do Sal inaugurada em 2014 no centro da vila de Castro Marim é um espaço multimédia que mostra a rede de circuitos de visita à Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e a biodiversidade das salinas. A Casa do Sal associa o ouro branco da região a atividades culturais, desportivas, musicais e artísticas e também tem uma área lúdica e educativa para o público mais novo. Além disso, dispõe de uma loja de produtos artesanais locais.

As barragens de Beliche e de Odeleite, mais a norte, são parte integral dos recursos hídricos do Algarve e asseguram o abastecimento da região, também em tempos da seca. A Ribeira de Odeleite aflui ao Rio Guadiana a meio caminho entre Castro Marim e Ayamonte.


Localidades

As maiores localidades no Rio Guadiana

A cidade de Vila Real de Santo António, sede do concelho com o mesmo nome, está situada nas margens da foz do rio; na margem espanhola fica Ayamonte. Desde que há memória, as duas localidades eram ligadas apenas por um ferryboat, mas desde 1991, a Ponte Internacional do Guadiana conecta as duas margens.

Vila Real é famoso pela sua malha urbana regular reticulada e geometricamente proporcionada com quarteirões de forma quadrangular e retangular. Esta arquitetura é fruto da construção da cidade em tempo recorde, em apenas três meses, depois do terramoto devastador de 1755.

A norte encontra-se a vila de Castro Marim com os seus sapais extensos. No meio de uma paisagem com relevo pouco acidentado, as antigas fortificações – o Castelo e a Forte de São Sebastião – e também a ponte rodoviária sobre o Guadiana, que liga a A22 à A49 para Sevilha, podem ser avistadas de longe.

A cidade mais a norte do Algarve é Alcoutim. Na margem oposta do Guadiana fica Sanlúcar de Guadiana. De longe se vêem as antigas fortificações que testemunham uma história de muitos séculos com ligações bélicas entre os dois países.


Desporto e Lazer

Rio Guadiana

Ao longo de ambas as margens do Guadiana encontram-se alguns campos de Golfe com perfis diferentes e com apartamentos e vivendas para alojamento. Atualmente, os golfistas podem escolher entre cinco campos de golfe nesta área, estando outros previstos.

A paisagem pacata e pouco povoada na margem oeste do Guadiana recomenda-se para caminhadas extensas. Em muitos sítios, abre-se um panorama grandioso sobre o rio.

Cruzeiros pelo Guadiana começam em Vila Real, pois o rio é navegável para além de Alcoutim até a cidade de Mértola, no Alentejo. E em Alcoutim convida a Praia do Pego Fundo, a única praia fluvial no Algarve, que é regularmente galardoada com a Bandeira Azul.


No interior

No interio do Rio Guadiana

O Rio Guadiana é navegável ao longo de 68 km, até a cidade alentejana de Mértola com as suas paredes cheias de história. Mértola fica no coração do Parque Natural do Vale do Guadiana, na fronteira do Alentejo com o Algarve. Esta área protegida representa um valor arqueológico e ecológico pertinentes.

Atravessando a Ponte Internacional do Guadiana perto de Castro Marim, a cidade espanhola de Huelva na província homónima fica a uma distância de 45 minutos. Até Sevilha com os seus monumentos grandiosos, a viagem dura uma hora e meia. A utilização da autoestrada A49 é gratuita.


Dicas de viagem

Férias no Rio Guadiana

Tanto na região de Castro Marim como na região de Ayamonte, na Espanha, jogadores de golfe encontram boas condições para o seu desporto durante todo o ano. Os green fees são consideravelmente mais baixos do que em outras regiões do Algarve. Alcoutim é um ótimo ponto de partida para caminhadas, especialmente fora dos meses quentes do verão. A cidade dispõe de uma pousada de juventude, situada na beira do rio.


Publicidade